quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Entrevista Rafael Siri, lateral direito juvenil do Vasco

Em seu quinto ano de existência, esse blog, sempre voltado para opinião e debate, tem o prazer de anunciar uma novidade aos leitores. Pela primeira vez, fizemos uma entrevista. O escolhido foi Rafael Siri, lateral direito juvenil do Vasco.

Nossos jovens da base, acabam sendo desconhecidos do grande público e vejo essa como uma boa oportunidade de que todos conheçam este jogador que está há sete anos no Clube, passando por diversas categorias. Ele inclusive nasceu no bairro em que está localizada a nossa sede, São Cristóvão.
Espero que gostem da novidade.

Nome: Rafael de Oliveira Reis

Data de Nascimento: 01-01-1993

Local de Nascimento: São Cristóvão, Rio de Janeiro

Posição: Lateral Direito

Blog: Rafael, com que idade você chegou ao Vasco?
Cheguei ao Vasco com 11 anos, em 2004. (foto ao lado)
Blog: Quem te levou ao Clube?
O pai do Muralha, ex-jogador do Vasco, amigo do meu pai.
Blog: Você sempre jogou na lateral direita ou já atuou em outra posição?
Comecei no Vasco jogando na meia direita, mas vi que era uma posição bem concorrida, e preferi jogar na lateral, que hoje me sinto bem à vontade.
Blog: Como o Rafael descreveria o Siri, lateral direito?
Siri, um jogador rápido, com um bom passe, sabe apoiar bem e não descarta o desempenho na marcação.
Blog: Falando nisso, de onde vem o apelido Siri?
Chega a ser até engraçada essa pergunta, as pessoas que me conhecem sempre perguntam. Foi quando eu jogava futebol de salão no Vila Isabel. Como eu era um jogador muito rápido na minha idade, começaram a me chamar assim e pegou de vez.
Blog: Que jogo considera inesquecível na sua carreira?
Vasco e Fluminense, final da Copa Jornal dos Sports em 2004. Foi assim que cheguei no Vasco, um jogo emocionante, pegado e marcante na minha carreira e também era minha primeira final em um Clube grande como o Vasco da Gama.
Blog: E o gol mais marcante?
Foi em um Vasco e Duque de Caxias, meu primeiro gol pelo Clube.
Blog: A pior derrota?
Foi contra o Fluminense, final no Vasco-Barra, quando jogávamos pelo empate e perdemos de 1x0.
Blog: Quais são seus melhores amigos na base do Vasco?
Na verdade gosto muito de todos, mas o Luan Pereira, Diego Soter e Mauro Bonfim são os que tenho mais contato no dia a dia e que admiro muito.
Blog: E o melhor companheiro com quem atuou?
Luan Pereira, muita pegada de volante.
Blog: O adversário mais duro de marcar?
O lateral esquerdo do Atlético-PR, muito chato.
Blog: Do elenco profissional do Vasco, qual jogador você admira?
Dedé. Não é da minha posição, mas tem uma disposição tremenda.
Blog: Quem são seus maiores ídolos, no futebol e na vida?
Kaká, um exemplo a ser seguido. Um grande jogador e um grande homem de Deus.
Blog: Como é para você, como torcedor do Vasco, esse contato diário com o dia-a-dia do Clube?
Muito bom, porque sempre estou em contato direto com o meu Clube.
Blog: Como torcedor, qual a maior emoção que já viveu?
A emoção e tristeza de ver o Edmundo indo para o gol contra o Cruzeiro.
Blog: Quais são as principais dificuldades vividas para quem está começando a carreira?
Saber ter a cabeça no lugar e aprender com as vitórias e derrotas.
Blog: E os treinos físicos? Muito jogador reclama. São realmente muito puxados?
Os treinos físicos são sempre de acordo com o campeonato e com a categoria. Mas é sempre bom, pois ajuda muito dentro de campo.
Blog: Nas viagens com o grupo, você acaba ficando dias longe da família. Como é conviver com essa saudade?
A saudade é enorme, mas todos nós sabemos que é o nosso futuro.
Blog: Quais seus planos e desafios para sua carreira no ano de 2011?
Pretendo continuar trabalhando firme até pintar minha oportunidade, pois sei que tenho chances de mostrar muito bem meu trabalho. Vou continuar trabalhando firme porque Deus é comigo.
Blog: Todo jogador sonha em atuar na Europa um dia. Caso tenha essa chance, que Clube gostaria de defender? E com que jogador gostaria de trocar passes?
Meu sonho é jogar no Real Madrid, mas eu queria mesmo é trocar passes com o Kaká, muito talentoso no que faz.
Blog: E qual seu maior sonho no futebol?
Meu sonho no futebol é mostrar todo meu talento e mostrar a quem eu sirvo.
Blog: Por fim, que mensagem você gostaria de deixar para a torcida:
Queria dizer a essa torcida maravilhosa que se um dia eu for um profissional pelo Vasco da Gama, vou me dedicar mais ainda e levar muitas alegrias para a torcida.
O Blog agradece imensamente a Rafael Siri, pelo prazer da entrevista e deseja a este excelente jogador, muito sucesso na carreira e que ele possa dar muitas alegrias à nossa imensa torcida.
Sds vascaínas a todos!

8 comentários:

Rui Moura disse...

Na 1ª foto parece mesmo um siri. (rsrsrs)

Muito boa ideia de entrevistar atletas.Se eu vivesse no Rio era isso que fazia com os atletas do Botafogo. Mas eu gostaria de entrevistar os que estão fora de atividade para contar histórias engraçadas. Acho que é interessante entrevistar juvenis e seniores atuais, mas porque não fazes isso entrevistando atletas que viveram momentos gloriosos no passado do clube?

Era giro... e geralmente esses ex-craques disponibilizam-se a entrevistas.

Abraços Gloriosos!

Publicidade Esportiva disse...

Mto boa a ideia e a iniciativa Diego.

parabénsss

Boa sorte pro muleke! Tomara q nos traga titulos no futuro...

Abraçosss

caique melo disse...

goste do seu blog nota 10 eu estou te seguindo

se quiser me faser uma visita entre em caiquefut.blogspot.com

birasblog disse...

esse jogador tem futuro!

Rui Moura disse...

Depois de chover no deserto o Sol tornou a brilhar em São Januário. Adorei a goleada contra o - minha opinião - antipático América. Quando chega a crônica do jogo?...

Abraços Gloriosos!

Cláudia disse...

Boa noite amigos!
Gostei da entrevista com o rafael, a iniciativa foi muito boa e o atleta tem qualidades de um bom jogador, mas acho que algo está errado...
Esse garoto está na lista de dispensa do Vasco, mesmo sendo uma promessa do clube, gostaria de saber se alguém pode confirmar essa informação.Se for verdade, acho estranha a avaliaçao feita pela comissão técnica.
Sds Vascaínas

Diego Louzada disse...

Claudia,

Rafael não tem contrato profissional com o Clube, o que já deveria ter sido feito desde seus 16 anos.
Assim ele pode sair para qualquer Clube que lhe ofereça contrato, sem que o Vasco receba nada.
O Clube deveria se mexer para mantê-lo por se tratar de um jogador muito bom.

Obrigado pelo comentário e volte sempre.

Anônimo disse...

essa mlk ae vai faze sucesso em 2012 pelo Olaria no carioca, joga muito