quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Comercial do nosso show

A torcida está ficando mal acostumada. Primeiro 3x0, depois 9x0. Ontem foi a vez do povo sul-matogrossense ter a oportunidade de prestigiar mais uma goleada vascaína: 6x1 sobre o atual campeão do estado, o Comercial. Ao aplicar a maior goleada desta edição da Copa do Brasil, o Vasco garantiu vaga antecipada à próxima fase, onde enfrentará o vencedor do duelo entre ABC-RN e Barras-PI. Os gols da vitória foram marcados por: Fellipe Bastos, Marcel (2), Jéferson, Eder Luis e Rômulo. O time só volta a campo na próxima sexta, contra o Macaé, na estréia da Taça Rio.
Como dito ontem, havia por parte da torcida uma esperança muito grande após a goleada sobre o América. E o time não repetiu apenas o placar elástico, mas fez o mais importante: repetiu a fórmula vencedora. Gol nos primeiros minutos e postura ofensiva para não dar margem ao azar.
Logo aos 2 minutos, lançamento para Eder Luís nas costas da zaga e ele foi derrubado pelo zagueiro na meia-lua. Último homem e lance para expulsão, mas o juiz apenas amarelou. Sem problemas, pois Fellipe Bastos soltou uma bomba que o goleiro só viu o vulto da bola. Belo gol, Vascão 1x0!
O Vasco seguiu em cima, mantendo a posse se bola e chegando facilmente ao gol. Em jogada pela esquerda, cruzamento para Marcel, que foi derrubado pelo ingênuo zagueiro. Pênalti que o camisa 9 cobrou e fez 2x0.
O resultado era suficiente, mas engana-se quem acha que o time tirou o pé. Menos de 10 minutos, lindo passe de Jéferson para Ramon que colocou na cabeça de Marcel. Mais um belo gol, 3x0.
A facilidade era tanta que aos 45, Felipe deu um passe muito longo, tirando do zagueiro, e Jéferson sequer dominou, com toda liberdade para tocar de primeira no canto do goleiro. Vascão 4x0!
Como o necessário eram apenas dois gols de diferença, o Vasco tinha a vantagem som sobras. O Vasco diminui o ritmo, mas sem atuar há seis meses, o Comercial o fez ainda mais. O resultado foram novas chances de gol do lado cruzmaltino, que só voltou a marcar aos 15, com Eder Luis, após lançamento de Dedé e falha bisonha do mal caráter zagueiro Andrezão. 5x0
Pouco depois, o gol do Comercial. Anderson recebeu nas costas da zaga, tocou por cima de Fernando Prass. Com a bola saindo, houve o choque, com o juiz marcando pênalti. Eu não marcaria, mas já que marcou era pra expulsar o camisa 1. Cartão amarelo e gol.
Pra acabar com a onda do adversário, Ramon em mais um cruzamento perfeito deu um gol de presente para Rômulo. Vascão 6x1.
Depois disso, chapéu, passe de letra e gols perdidos. Com o Comercial com a língua de fora, sobraram espaços, mas faltaram mais gols. Porém ganhamos um pouco mais de confiança, além de mais dias de trabalho.
A vaga na próxima fase já está garantida, sem sustos. E como venho dizendo há algum tempo, no futebol o psicológico conta mais do que tudo. Hoje estamos com a moral em alta e isso deve fazer a diferença nos primeiros jogos da Taça Rio, onde dificilmente vamos perder pontos para pequenos.
Segurem o Vascão e sua fábrica de chocolates.
.
* Seja bem vindo DIEGO SOUZA!
* O Ramon que vemos hoje é o mesmo do início do ano? Está voando nosso camisa 33!
* Bernardo quis tanto marcar na estréia que não conseguiu. Mas é bom jogador e vai compor bem esse grupo.
* Deu pena dos zagueiros tentando passar por Dedé e Anderson Martins. Que zaga!
* Agradeço mais uma vez a Beto Gomes pela charge genial. Parabéns!
* Fotos: Lancenet
.
Sds vascaínas a todos!

3 comentários:

Roberto Cruz disse...

Olá grande irmão vascaíno Diego Louzada!! É visivel a mudança de ânimo dos nossos jogadores. Estive em São Januário, antes do embarque para o jogo contra o Comercial-MS e conversei com alguns jogadores, e pude sentir o alto astral que toma conta do grupo cruzmaltino. Segundo me falou o aux. técnico Gaucho, essa mudança de comportamento, deve-se ao jeito amigo de trabalhar do novo comandante Ricardo Gomes, o cara é tranquilo para passar suas instruções e sabe o que quer. Ele corrige os erros do time, treinando cada setor da equipe separadamente. Além disso ele trata todos os jogadores da mesma maneira. Com ele, titulares e reservas recebem a mesma atenção e estímulo, com isso todo o grupo fica mais motivado, pois todos sabem que podem entrar no time a qualquer momento, porque tem a confiança do treinador. Se o time do Vasco continuar jogando nesse ritmo, com certeza, a Nação Cruzmaltina será muito feliz e quem sabe este ano já poderemos voltar a gritar: " É Campeão" !!

Abraços do amigo,
Roberto Cruz
http://dacruzdemalta.blogspot.com/

Vascão Amor Eterno disse...

Salve Diego, blz ?

Nosso time mudou de postura e isso já é reflexo do trabalho do Ricardo Gomes.
Nos últimos jogos o Vasco se portou como um time grande que realmente é.

Isso é fato.

Abçs e SV

Carlos Vascaíno.

www.vascaoamoreterno.blogspot.com

Patrick Araújo disse...

O Vasco esta jogando com alegria, coisa que eu não via a muito tempo nos jogadores. O grupo está unido e os resultados vem aparecendo. E essa é a receita para um time vencedor!