segunda-feira, 31 de março de 2008

Alfredo Sampaio não treina mais o Vasco. Lopes está de volta

Alfredo Sampaio não é mais o treinador do Vasco. Em entrevista ao repórter Rodrigo Campos, da Rádio Manchete, declarou:
"Eu só queria comunicar a todos que a partir desse momento não sou mais o treinador do Vasco. Acho que chegamos a um consenso, tanto eu quando a diretoria, que não seria mais conveniente a minha presença frente ao comando da equipe. Acho que desde que cheguei aqui eu vinha administrando várias coisas. Primeiro, o formato da maneira que foi essa parceria junto com o Romário. Depois administrei outras situações de jogadores chegando e a coisa não estava caminhando do meu jeito, da maneira que acho que deve ser, um trabalho de equipe, profissionais comprometidos. Isso estava me deixando já agoniado. Eu já tinha, há tempos atrás, comunicado ao presidente uma vez que eu queria sair e ele não aceitou. Agora, com o desenrolar disso tudo, declarações de jogadores, acho que não vale a pena nem eu nem o Vasco passar por isso. Tenho que ter equilíbrio nesse momento porque o Vasco vai para um momento de decisão da Copa do Brasil e do Campeonato Estadual. Acho que essa foi a decisão mais acertada de ambos os lados porque pode ter ocorrido o que ocorreu ou não aqui dentro, vou ser sempre grato ao Vasco, ao Eurico Miranda, que foi a pessoa que realmente, o clube e o presidente, que me deram uma chance, como já falei várias vezes para vocês [imprensa]. Acho que o mais importante agora é sair do meu foco mais tranqüilo, como estou saindo. Falei com alguns jogadores e mostrei a importância desse momento do Vasco, já que o Vasco precisa de um título, está disputando uma Copa do Brasil que não obteve sucesso. Acho que a minha saída vai ajudar nisso também. Um novo treinador pode motivar, conseguir trazer esse comprometimento que não há por parte de alguns. Acho que isso foi o mais importante. Saio de cabeça erguida, pela porta de frente, com o sentido de dever cumprido. Poderia ter sido mais longo, não foi, mas saio feliz. Foi uma oportunidade, experiência nova na minha carreira, e agora é descansar um pouco e tentar buscar um novo clube para que eu siga na minha carreira de forma como sempre segui, com segurança e personalidade, que acho que foram sempre as minhas marcas. São essas coisas que eu queria colocar para vocês. Agradeço a todos vocês também pela relação que tiveram comigo no diz que respeito aqui, nas entrevistas. Sempre fui assim, procurei sempre ser o máximo flexível e aberto, e agradeço a todos pela forma que fomos tratados"
Logo após a derrota por 2 a 1 para o Volta Redonda, no último domingo, o treinador foi alvo de muitas vaias de torcedores que o chamavam de burro. Antes o comandante já havia tido um conflito com o atacante Edmundo, que foi superado.
Alfredo foi contratado no início de 2008 para ser auxiliar técnico de Romário e acabou sendo efetivado após a saída do Baixinho, que ficou insatisfeito com uma interferência do presidente interino, Eurico Miranda, na escalação do time no jogo contra o Friburguense.
Para o seu lugar, acaba de ser confirmada a contratação de Antônio Lopes.
Aos 66 anos, o treinador assume o Vasco pela sexta vez. Ele foi três vezes campeão carioca (1982, 1998 e 2003), uma vez campeão brasileiro (1997), da Libertadores (1998) e do Rio-São Paulo (1999). E também conquistou o último título do clube, o Campeonato Carioca de 2003.
Sobre a saída de Sampaio, o presidente Eurico Miranda declarou a Rádio Tupi:
"O Alfredo saiu exclusivamente por problema de relacionamento. Comigo? Não, relacionamento com os jogadores. O problema todo foi uma questão que chegou a uma situação que o relacionamento estava desgastado, então chegou-se a um consenso que era melhor para ele e nós todos a sua saída".
.
* Comentem nesse ou no post anterior, fiquem à vontade e todos serão respondidos. Assim que tiver novidades atualizo o texto.
.
Sds vascaínas a todos!

7 comentários:

lais disse...

só espero q nao seje um flamenguista ou um treinador de merda!!!
qnto ao jogo só ouvi coisas ruins,prefiro nem comentar

acho q estamos vivendo mto de passado,antes o vasco era assim,antes era assado,em 1990 e alguma coisa era isso,em 2000 era quilo,chega pow,temos q acordar pra vida.em todo historia do classico vascoxflamerda eles q foram + vezes vice
+e atualmente,os ultimos jogos foram eles...
e agora na final,como vai ser??
é claro q eu to torcendo,confiante,mas todos nós sabemos q vai ser dificil,como tem sido.
nao vou ser nunca uma vascaina peidona e falar antes de um jogo é eles vão ganhar,posso ate falar pra outro time qq,menos contra os flamerda,vou ta sempre torcendo e acreditando q essa historia vai mudar!!!!

sds cruzmaltinas

Aline disse...

O que posso falar? Realmente a passagem de Alfredo Sampaio pelo Vasco não foi tão feliz quanto poderia ser... Mas ele é um treinador em início de carreira e treinar um Vasco da Gama não é mole, não!
Agora é torcer para mais uma temporada de títulos que Antônio Lopes já está acostumado a nos trazer!
Boa Sorte!
Saudações Cruzmaltinas!

CALIGULA disse...

Veremos si la afición acompaña a Antonio Lopes. Espero que le den un tiempo para asentarse en el banco.

Saludos de Buenos Aires.

futeboldorio disse...

6 por meia dúzia... num gostei.

Turano disse...

CABEÇÃO... DE NOVO NÃO...

Eu já estava meio bolado com o Sampaio, mas ninguem merece cabeção de novo...

Se eu me lembro bem desse cabeçudo... as principais características de um time treinado por antonio lopes são:
- retranca total;
- consegue manter muito a posse de bola;
- arrisca pouco, tenta subir ao ataque com poucos jogadores;
- dá muitos passes pra trás e de lado;
- tenta parar os jogos com aquelas faltinhas incessantes no meio-de-campo;
- joga "feio";
- tem muita sorte, já que o Lopes é um sortudo desgraçado (ao menos um ponto positivo ele tinha que ter)...

Que que tu acha do cabeção atualmente. diego?

snoopy disse...

ponto positivo para o vasco.
não diria que pela chegada do lopes, mas pela saída do alfredo.
não dá pra ficar com um treinador que toma nó tático do volta redonda.
o vasco é grande e precisa de gente grande para trabalhar.
o lopes, pelo menos, é muito identificado com o clube.
boa sorte pra vocês!

grande abraço e sds. botafoguenses!!!

Vinicius Grissi disse...

Mais uma vez o Vasco perde uma grande figura, e o que me parecia ser um bom treinador, por causa dos desmandos de seu presidente. Por causa da falta de profissionalismo e planejamento. Nunca gostei do trabalho do Antônio Lopes. Fato é, que ele precisa de time para trabalhar. Não acho que o Vasco tenha um bom time.

A equipe vinha jogando bem, e crescendo nas mãos de Sampaio, que precisava de carta branca da diretoria mas não teve.

Escrevi sobre o assunto também no Marcação Cerrada. Depois dá uma passada lá.

Abraço!