quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Festa do título fica para a Colina

Ainda não foi ontem que o Vasco garantiu o título antecipado da Série B. Mesmo com a vitória por 1x0 sobre o Campinense, nossa vantagem ainda é de ‘apenas’ 8 pontos para o vice-líder Guarani e pode ser alcançada nas três rodadas restantes. Assim, a festa ficou adiada para sexta-feira, na Colina Histórica, às 21 horas, contra o América-RN.
Antes do jogo, duas surpresas. A ausência de Fernando por um mal-estar e a não utilização da camisa comemorativa por poder confundir com a do Campinense. Nada que abalasse a confiança do time. Porém, aos 13, Allan foi expulso infantilmente, por pisar em um adversário catimbeiro, o que podia complicar nossa situação no jogo.
A porrada comia solta e o jogo caminhava para não terminar bem. Aos poucos, o Vasco foi colocando a bola no chão e aos 32, Vilson foi derrubado na área por Buick. Élton cobrou com categoria e marcou seu 16º gol no campeonato. Vascão 1x0.
Um minuto depois, Adriano foi derrubado, mas o juiz não teve peito para dar outra penalidade. Aliás, peito e coragem eram coisas que definitivamente o cidadão do apito não possuía.
Com mais faltas que boas jogadas, o primeiro tempo foi um espetáculo de péssima qualidade, valendo apenas pela nossa vitória. Repare a marra do camisa 3 na foto ao lado. Tá mais pra lutador de MMA que pra jogador de futebol.
Procurando jogar mais bola, o Vasco foi melhor no segundo tempo. Justamente quando o apagão impediu boa parte da torcida carioca de acompanhar o jogo. O time chegou a marcar um gol, bem anulado, por intermédio de Carlos Alberto.
Desesperado e se vendo rebaixado com a derrota, o Campinense partiu pra agressão. Primeiro, aos 33, com Marcelinho Carioca. Depois com Buick, aos 37. Por útimo, Edmundo aos 40. Um triste fim de campanha para um time de uma terra e um povo maravilhoso.
Nos acréscimos, Ramon sofreu pênalti e o maluco do Ernani conseguiu perder frente ao pior goleiro da Série B.
Pelo que vi e ouvi, foi um jogo horroroso, mas que garantiu mais três pontos para o Vascão. Sexta-feira, a Colina estará lotada, pra voltar a soltar o grito de Campeão.
O Vasco atuou com: Fernando Prass, Fagner, Vilson, Titi e Ramon; Nilton, Souza, Allan e Carlos Alberto (Magno, 41'/2ºT); Adriano (Ernani, 42'/2ºT) e Elton (Alex Teixeira, 28'/2ºT).
.
Sds vascaínas a todos!

3 comentários:

Maldita Futebol Clube disse...

Topdos para a colina,. sexta-feira... comemorar um título com honrarias de sobra...e do cenário do desespero do ano passado, transformar em símv bolo da esperança e redenção para o ano que vem. Jogo? que nada, o vasco passou o cameponato inteiro com apertos e sacrificios mas vencendo , que é o que importa.... eu quero é vitórias. jogar be,m?: prefiro os três pontos...deixa o show para as diua spartidas finais1

Gremista Fanático disse...

Fala Diego, pois é cara, eu vi o jogo, parecia uma guerra no começo, o Vasco venceu e achei ate melhor que não tenha sido campeão ontem e seja em sua casa na sexta-feira, com certeza desse dia não passa, abraço.

Saudações do Gremista Fanático

Kampelo disse...

Fala Diego!
Que pena o Vasco não ter conseguido ser campeão, aliás num jogo bem parecido com a 2ª Guerra Mundial.
.
a ksa da conquista do título deve ser no maracanã agora, e não são januario como já estava certo.
Como eu keria está no Rio esse dia!!!
.
Tomara que a camisa comemorativa seja usada nesse jogo... eu, particularmente, achei muito bonita, e gostei da homenagem à torcida.

ABRção