quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Viva a juventude

Nesta sexta-feira contra o Para, dois jovens recém saídos das divisões de base do Vasco devem começar entre os titulares. Allan e Phillipe Coutinho entrarão no meio-campo, nos lugares de Souza e Alex Teixeira, também revelados no Clube e hoje servindo à Seleção Sub-20. Juntamente com Mateus e Nilton, eles formarão um meio-campo com média de idade de apenas 20 anos.
A entrada dos dois ao mesmo tempo vêm em virtude de uma necessidade do treinador. Porém, não pode se dizer que seja uma atitude desesperada, como já vimos por anos no Vasco e em outros clubes. Os dois merecem a chance, especialmente Allan, e havia outros jogadores no profissional que poderiam atuar.
Allan tem 18 anos e fez sua estréia no profissional no último sábado. Apesar de não ser badalado nos juniores, teve atuação muito boa e passou a frente de Amaral, Paulinho e Enrico na briga por vaga no time. Provavelmente, seria titular mesmo que Souza estivesse disponível.
Phillippe Coutinho é bem mais famoso, apesar de mais jovem. Apesar de mostrar qualidades fantásticas, não se destacou como se esperava nas chances que teve. Tem ficado no banco constantemente, mas dessa vez será titular e responsável pela criação de jogadas. Sem Alex Teixeira e Carlos Alberto, deve sobrar pra ele o papel de alvo das porradas dos zagueiros adversários.
A inserção dos jovens no time titular, faz parte de um projeto cuidadosamente feito em São Januário. Basta observar o time que base do Estadual e o time atualmente titular. Começamos o ano com: Tiago, Paulo Sérgio, Fernando, Titi, Ramon; Amaral, Léo Lima (Nilton), Jéferson, Carlos Alberto; Pimpão e Élton. Ou seja: Nenhum jogador revelado na base e ênfase na experiência.
Aos poucos, por diversos motivos, as peças foram se alterando e dentro de um time com padrão tático definido e com jogadores experientes, os jovens foram entrando e mostrando naturalmente suas qualidades. Vilson, Mateus, Souza e Alex Teixeira são exemplos claros de que a tranqüilidade para se trabalhar tende a render bons frutos. Isso sem falar em Fagner, Dedé e Robinho, que vieram de outros clubes, mas ainda são muito jovens.
Para 2010, certamente a quantidade de jovens no grupo será igual ou maior do que nesse ano e eles tendem a ocupar um espaço cada vez mais destacado no plantel. Como todos tem contrato longo, o Clube caminha para um novo rumo, onde possa negociar talentos, coisa que não vimos nos últimos anos, contribuindo para a péssima situação econômica.
Que amanhã nossos jovens consigam mostrar a qualidade que tem e contribuam para a vitória que nos manterá na liderança isolada.
.
Sds vascaínas a todos!

5 comentários:

Gremista Fanático disse...

É muito bom dar oportunidades para jovens promessas Diego, eu penso assim ó, se é pra errar com jogadores velho entao é melhor errar com jovens que não custam tão caro, mas com certeza esses jogadores ai são bons senão não estavam recebendo essa chance, abraço.

Saudações do Gremista Fanático

gerson disse...

Diego, q bom que o Vasco está conseguindo fazer contratos longos. Pelo jeito a situação estava insustentável no clube. Aí não tinha mesmo como gerar receita.
Abraço

ArgentinaBrasilJuntos disse...

Parabéns pelo blog!
É ótima a imagem da torcida!
Um abraço desde Buenos Aires!
Sebastián

matias disse...

Ojalá que se cumpla lo que predecis... la calsificacion de argentina la mundial, igualmente me conformo con ver a Brasil y divertirme antes que sufrir con la seleccion de Maradona.

Suerte Vasco!!

saludos...

http://sudamerica-futbol.blogspot.com/

Fernanda disse...

Gosto muito do Dorival,esta sempre dando oportunidades,tanto para os antigos quanto para os mais novos.Acredito que dará certo.

Vamos conferir isso de perto,né MOZÃO?
BOM DIA.
Bjsss!!!