quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Vaga cada dia mais perto

Nesta terça o Vasco deu mais um importante passo rumo ao acesso e o título da Série B. Jogando fora de casa contra o São Caetano, a equipe conseguiu a vitória por 1x0, chegou aos 49 pontos e abriu 11 de vantagem sobre o quinto colocado, a Portuguesa. O gol da vitória foi marcado por Élton, aos 39 minutos do segundo tempo. No sábado, o time volta a campo para enfrentar o Guarani, atual vice-líder, no Maracanã.
Essa foi mais uma daquelas vitórias que dão gosto de assistir. Longe de ter tido uma atuação tecnicamente excepcional, o Vasco soube conduzir o jogo com paciência, inteligência e chegou a vitória com méritos totais.
Bem postado na defesa, o Gigante da Colina centralizava as ações ofensivas em Carlos Alberto. Com muita movimentação, ele chamava o jogo para si, atraindo a marcação adversária. Em um lance, Patrício fez falta em CA e acabou quebrando a perna.
O Azulão ameaçava apenas em bolas paradas. Coincidentemente, em cruzamentos onde ninguém desviou, quase os dois times marcaram, com Paulo Sérgio e Eduardo Ramos. Aos 40, Élton marcou em posição de impedimento e aos 46, Carlos Alberto teve grande chance em cabeçada, mas mandou pra fora.
Como o jogo estava duro, Dorival sacou o leve Robinho para a entrada de Adriano. E o Vasco seguiu cozinhando o jogo até os 18, quando Anderson Marques deu a última de suas botinadas e foi expulso pelo árbitro. Com um a mais, o time passou a ser mais ofensivo, no que contribuiu a entrada de Enrico no lugar de Amaral.
O 0x0 passava agora a interessar aos dois times, já que o São Caetano pouca força tinha para atacar, enquanto o Vasco se mantinha na liderança com o empate. Aos 34, Gian foi enforcado dentro da área adversária, mas o juiz ignorou a penalidade.
E aos 39, de forma precisa o time soube matar o jogo. Enrico driblou Roger e tocou para Ramon, que cruzou para Élton na marca do pênalti. O camisa 9, dominou com categoria e fuzilou o gol de Luiz. Vascão 1x0 e explosão da torcida, maioria no Anacleto Campanella.
Daí em diante, bastou segurar o desespero do adversário, que mandou até o goleiro para a área. Matamos um adversário direto pelo acesso, que agora está 12 pontos atrás de nós. Impossível não é, mas essa vantagem é muito difícil de ser tirada em 14 rodadas. O acesso está cada vez mais próximo e agora virão três jogos seguidos no Rio para consolidar ainda mais esta condição.
O Vasco atuou com: Fernando Prass, Paulo Sérgio (Fagner, 34'/2°T), Vilson, Gian e Ramon; Amaral (Enrico, 25'/2°T), Nilton, Allan e Carlos Alberto; Robinho (Adriano, intervalo) e Elton.
.
Sds vascaínas a todos!

2 comentários:

Gremista Fanático disse...

Eu diria ate mais Diego, a taça esta cada vez mais perto se vencer o Guarani domingo já era, um abraço.

Saudações do Gremista Fanático

Maldita Futebol Clube disse...

vou ao Maraca, deveríamos maracar um encontro desses blogueiros vascaínos, o que acha? ou no maraca ou na colina...e qd quiser ir a rádio é só me falar e agendamos por lá...amanhã; 80 mil lá, hein e vasco 2 x 0 guarani. tem post zoando o flunimed lá,,abs!