terça-feira, 9 de junho de 2009

Blá-blá-blá de terça

Infelizmente acabou a Copa do Brasil para o Vasco e por enquanto nossos meios de semana serão bem mais vazios. Enquanto nossos atletas treinam, muitas coisas acontecem nos bastidores e hoje, ao invés de só citar as notícias, vamos dar uma dissecada melhor em cada uma.
Andei evitando falar sobre Eletrobrás nas últimas semanas. Estávamos em uma fase decisiva e ficar mexendo nessa novela não valia a pena. Poupei o meu tempo e de quem lê este blog. Hoje porém, saiu no Lance uma notícia bastante positiva para nós e que vem de encontro a algumas coisas que saíram ultimamente.
Após conseguir a última certidão que faltava, a diretoria estará entregando a documentação hoje para análise do jurídico da estatal. Feito isto, o parecer será dado ao conselho de administração que se reúne por volta do dia 20. Caso não haja nenhum erro, o contrato será assinado e no próximo mês já teremos os primeiros R$ 7 milhões em conta.
Outra novela é sobre a inscrição e utilização de Aloísio. O atacante já vem treinando há mais de um mês no Clube, mas até agora seu nome não consta no BID, o que impossibilita sua utilização em jogos oficiais. O Clube esbarra em um problema jurídico para promover a estréia do mais badalado atacante do elenco.
Legalmente, jogadores provenientes de times do exterior só podem atuar a partir de agosto. Entretanto, Aloísio conseguiu uma liminar na Justiça do Trabalho, que o permite exercer a profissão. Tal procedimento foi usado pelo Grêmio no ano passado, quando contratou o meio-campo Tcheco. Isso acontece porque quando acaba a temporada nos países árabes, a janela aqui está fechada, o que obrigaria o atleta a ficar inativo durante meses.
Apesar de já haver um caso semelhante, o Vasco está receoso quanto à escalação do atleta. A CBF já deu um atestado liberatório a Aloísio, mas o Vasco ainda aguarda resposta de uma consulta formal que fez à FIFA. Tanta cautela se explica pelo ocorrido no caso Jéferson, onde perdemos seis pontos no Tapetão, sendo eliminados da Taça Guanabara.
Assim, o mais provável é que tenhamos que sofrer mais algum tempo com nossos atacantes, que vem falhando bastante nos últimos jogos.
Esse mês algumas dispensas devem acontecer visando enxugar o elenco. Há evidente excesso de jogadores em algumas posições. Na zaga, por exemplo temos oito atletas no elenco, sendo que apenas dois entram em campo. Com a boa fase de Vilson e Gian, pode sobrar para Leonardo, que foi mal em todas as chances que teve. No meio, o paraguaio Pedro Vera tem contrato apenas até o fim do mês. Sem ter entrado em campo uma única vez é presença certa na barca.

Do meio pra frente, há uma quantidade enorme de jogadores e aí dois ou três devem ser dispensados ou emprestados. Fernandinho, Magno e Benitez tem contrato até o fim do ano e podem ser emprestados ou terem uma rescisão amigável negociada. Enrico tem contrato até 2012 e deve permanecer.
No ataque o favorito a dispensa é Faioli. Apesar de recentemente ter prolongado seu contrato, chegou a ser rebaixado para o Expressinho que viajou para a Coréia. Como os demais atacantes vêm sendo utilizados frequentemente, deve sobrar pra ele. Robinho acabou de chegar e deve ter sua chance em breve.
* Juninho deu entrevista ontem ao programa Bem Amigos e entre tantas coisas falou sobre seu futuro. Disse que o objetivo não é voltar ao Brasil agora, mas frisou que o primeiro Clube a procurá-lo foi o Vasco. Disse que pretende seguir na Europa, mas jogando a Liga dos Campeões. Uma hipótese seria o Milan, onde assumiu Leonardo. Enfim, tudo ainda é muito hipotético e ainda temos boas chances.
* Após o jogo de sábado, a imprensa vem seguidamente falando do lance em que nosso Nilton acertou um jogador no meio-campo. O árbitro sequer relatou na súmula maiores detalhes sobre a aplicação do cartão amarelo, mas a mídia segue falando sobre isso. Possivelmente na intenção de forçar um julgamento e desfalcar o Vasco de um de seus principais jogadores.
Acontece que no lance ele é puxado e empurrado por Roger quando partia para o ataque. Lance que causaria o amarelo e a consequente expulsão do atleta do Azulão. Com o corpo desequilibrado, ele estica a perna e acerta Ademir Sopa. Ou seja, a entrada só ocorre por um erro anterior claro do árbitro. Aliás como muitos outros que ele comenteu na partida, se tratando de jogadores azuis pendurados com amarelo.
.
Sds vascaínas a todos!

6 comentários:

Almirante disse...

è diego, já ouvi esse papo da eletrobrás antes, tomara que finalmente se confirme, e que fechem logo com a Lotto ou a Penalti.

Gremista Fanático disse...

Pow que saco esse negocio do cara não poder jogar, algumas leis e normas precisam ser revistas para não prejudicar os clubes e os atletas, se o Aloisio não pode jogar não poderiam contrata-lo, tem coisas que me aborrecem muito nessa cartolagem do futebol, abraço.
Saudações do Gremista Fanático

Rui Moura disse...

Leia a entrevista exclusiva de Ney Franco ao Mundo Botafogo em http://mundobotafogo@blogspot.com

Abraços Alvinegros!

Vinicius Grissi disse...

O Vasco não pode vacilar de novo na escalação de algum jogador. Perder pontos também na Série B seria péssimo para o clube.

Quanto ao Juninho, uma certeza: ele não vai voltar para o Brasil agora. È Europa ou mundo árabe.

Kampelo disse...

E aí rpz, blz... Ja imaginou? Eletrobrás, Juninho P., Aloísio, e um fornecedor de material descente, tudo isso em um time só? Como se diz aki no Maranhão: "Tamu Feito".

Diego, é q faz alguns dias q naum vejo as respostas aos comentarios debaixo dos textos, onde q vc ta respondendo? (ME MANDA A RESPOSTA POR E-MAIL)

e EM QUEM VC APOSTARIA NO ATAQUE NO LUGAR DE ELTON?

ABRAÇÃO

Sobre o Futebol Carioca disse...

bom patrocinador