terça-feira, 14 de abril de 2009

Estadual 2009 - Balanço final

Se no dia 23/01/2009 alguém dissesse que o time do Vasco faria uma grande campanha no Carioca, sendo líder do seu grupo nos dois turnos e sendo o time com melhor campanha na fase de grupos esse cidadão seria chamado de louco. Afinal, quem seria capaz de apostar que um time formado basicamente por jovens valores, alguns renegados em seus clubes de origem, empolgaria o torcedor? A impressão negativa apenas foi reforçada após a estréia no campeonato, com derrota em casa para o Americano.
Entretanto, o tempo passou e na manhã do dia 11/04 nem mesmo o mais pessimista dos torcedores poderia imaginar uma derrota por goleada para qualquer dos adversários da competição. Qualquer dos mais de 60.000 presentes do Maracanã que apostasse antes do jogo em uma derrota por 4x0 na semifinal seria levado direto para o Pinel ou para alguma clínica contra drogas.
Onde eu quero chegar com essas divagações? O time que hoje alguns criticam pagou pela expectativa que criou pelo próprio desempenho no Carioca, onde atuou muito bem, surpreendendo a todos. Jogadores que agora são questionados, são os mesmos que com gols, assistências e desarmes salvadores empolgaram a torcida e fizeram muitos que andavam afastados dos estádios voltarem a ter prazer em ver o Vasco jogar.
O time é a oitava maravilha do mundo? Não, longe disso. Mas é superior a muitos que vimos nos últimos anos com a camisa do Vasco e não deixa a desejar a nenhum dos nossos rivais cariocas. Perdemos para o Botafogo, da mesma forma que podíamos ter vencido. Não cabe agora achar culpados, mas sim retirar os pontos positivos e negativos desta campanha em busca do objetivo maior, que é a reconstrução do futebol do Vasco, passando pela volta a Série A.
Ouvi muita gente após a derrota afirmando que o time tem posições em que precisa ser reforçado. Bom, até o Barcelona tem, então com o Vasco não seria diferente. Sob minha ótica, o grupo é bom, com potencial para chegar ao muito bom no nível do futebol nacional. Outra coisa que me soou como besteira, foi dizer que o time tem o nível de Segunda Divisão. Vai disputar a segunda, mas se disputasse a primeira não faria feio de forma alguma. Vencemos os dois candidatos ao título estadual e terminamos a frente do badalado fluminense. Se o time do Vasco é de segunda, o tricolor sem laterais, sem volantes e sem um pingo de organização tática é time de quê?
Primeiro vamos a um apanhado geral para depois analisar o time posição por posição:
Dorival definiu o time claramente em um 4-4-2 com o meio campo em losango, sendo Amaral o primeiro homem, Nilton pela direita, Jéferson pela esquerda e Carlos Alberto o meia de ligação. No ataque Pimpão e Élton tem liberdade para abrir respectivamente pela direita e esquerda, com o segundo ficando mais fixo na área.
Ofensivamente, nosso treinador induz o time a forçar as jogadas de linha de fundo, usando o bom cruzamento de Paulo Sérgio e Ramon. Outro ponto forte é o contra-ataque, especialmente na velocidade de Pimpão. As bolas paradas também ocasionaram alguns gols com os cruzamentos de Paulo Sérgio para cabeçada dos zagueiros e Nilton. Sempre muito marcado, Carlos Alberto acaba abrindo espaços para os avanços de Jéferson que apareceu com bons chutes e gols de fora da área.
Na defesa, pouco vazada no campeonato, se destacaram o volante Nilton e o zagueiro Fernando. Na verdade, ao contrário de anos anteriores, a marcação começa já no ataque, facilitando assim o trabalho lá de trás. Por vezes, Amaral atua como terceiro zagueiro. Nilton comanda o meio, com força e categoria. Antes de chegar perto do gol do Vasco, o adversário precisa antes passar pela parede. Titi foi uma boa surpresa e Fernando o líder. Pra se ter idéia da importância do camisa 4, dos 13 gols que o Vasco sofreu no Carioca, sete foram em 2 partidas que esteve ausente.
Goleiros - Tiago teve um bom desempenho geral, sendo o principal destaque em algumas partidas. Porém, ainda não passa total confiança a torcida, muito em função do que aconteceu no ano passado. Fernando Prass não atuou, mas tem boas referências. Essa posição não é prioridade e apenas seria interessante trazer alguém em caso de uma excelente oportunidade.
Lat. Direitos - Paulo Sérgio jogou a maioria dos jogos e obteve destaque nos cruzamentos e bolas paradas. Cobra a maioria das faltas e escanteios. Ao contrário de seu antecessor Wagner Diniz, não tem tanta velocidade, o que por vezes complica seu trabalho. Já o reserva Fágner entrou bem quando solicitado, mostrando técnica e velocidade, características diferentes do titular. Talvez com o tempo possa ganhar a vaga no time. Mateus andou quebrando o galho por ali e não comprometeu.
Zagueiros - Como dito lá em cima, Fernando foi um grande líder e teve excelente desempenho pelo lado direito da zaga. Seu reserva Leonardo ao contrário, não passou segurança quando entrou. Titi foi bem no lado esquerdo, com bastante força. Não tem uma boa saída de bola, a exemplo do seu reserva Gian. Vilson jogou pouco e parece fadado a ser a quinta opção.
Lat. esquerdos - Ramon chegou e já mostrou serviço na estréia, marcando gol em um amistoso. Ganhou a vaga e se tornou um dos pilares da equipe. Seus reservas não agradaram. Fernando Galhardo já foi embora e Edu Pina foi mal quando entrou. Assim, o clube corre atrás de Ernani, do Americano para ser reserva de Ramon.
Volantes - Posição com boa quantidade e qualidade. Amaral surpreendeu e esteve firme durante todo o campeonato. Nilton foi um monstro e se consolidou como referência no meio. No banco, Mateus e Paulonho entraram bem, com o primeiro inclusive marcando gol. Se precisar, Dorival ainda pode recuar Léo Lima ou recorrer a um dos bons valores da base, como Souza, Muniz ou Byro.
Meias - Jéferson começou tímido, mas foi se soltando aos poucos, obtendo destaque principalmente quando atuou como quarto homem. Ao lado de Carlos Alberto, seu futebol cai um pouco. CA19 aliás, apesar de boas atuações, ainda pode render melhor, pelo talento que tem. Se aliviar nos cartões também ajudará muito a equipe. Enrico mostrou qualidade e é uma boa opção para o banco, ao contrário de Léo Lima, irritante com sua lentidão. Alex Teixeira ainda deixa a desejar e um bom nome para essa posição seria bem vindo.
Atacantes - Posição ao meu ver mais carente do time. Pimpão e Élton fizeram boas partidas, mas ainda não me parecem prontos para comandar o ataque vascaíno. Um dos dois deveria sair para entrada de alguém com mais nome, preferencialmente um atacante de referência, já que nossos atuais dois titulares tendem a cair pelos lados. Edgar e Faioli parecem perto de sair, já que Alan Kardec vem tendo a preferência em caso de ausência dos titulares. Alex Teixeira quando joga nessa posição ainda sofre com a deficiência nas finalizações.
.
Respondendo aos comentários:
Snoopy - A falta do amarelo do Guerreiro não pareceu, mesmo caso do Leonardo. Domingo estarei na torcida pelo Bota. Abraço e sds!
Almirante - Tem dia que nada dá certo. Agora é focar nos objetivos restantes.
Italo - Começamos o ano bem e não é um tropeço que vai mudar isso. Agora é seguir trabalhando
Junior - Será feita amanhã a troca de links. Abraço e sds!
Gremista - Amanhã já iremos de pé pra mais uma frente de batalha: a Copa do Brasil. Abraço e sds!
Vinicius - Não vejo nosso time inferior ao de nossos rivais. Inferior era o do ano passado que caiu. Esse não tem culpa.
David - será adicionado!
Maldita FC - PS não deve e nem será crucificado. Sobre o Fernando Prass prefiro esperar para ver. Sobre o Nilton, discordo e sobre o ataque, concordo. Abraço!
.
Sds vascaínas a todos!

5 comentários:

ItaloozinhoO Correia disse...

eu que o diga, vivia dizendo que o vascão ia ser campeão e foi quase...
se não fosse akele puxão de tapete da ça guanabara..

mas passou!
carioca só ano que vem!

até

David "Jericho" Pereira disse...

Boas, vim por este meio pedir-vos para que adicionassem o meu blog de futebol aos vossos links sff

http://portal-futebol.blogspot.com/

O nome do blog é Portal Futebol


Depois quando adicionarem comuniquem-no no nosso blog para que nós também vos adicionemos

Saudações!

snoopy em p/b disse...

concordo com algumas coisas e discordo de outras.
concordo que o time do vasco não fica devendo para nenhum dos rivais cariocas e que, pela forma que é a competição, tem chance de ir longe na copa do brasil.
mas aí é que fica o ponto que eu discordo: e o nível do carioca?
é fraquíssimo, amigo.
o vasco não faria feio na série a neste ano, mas não faria bonito, assim como penso que, se não contratarem reforços, framengo, nenCCC e botafogo não o farão.
no brasileiro, o buraco é mais embaixo.
agora, na série b, penso que o vasco vai subir com os dois pés nas costas do segundo colocado.

forte abraço e sds. botafoguenses!!!

Maldita Futebol Clube disse...

Acho que thiago resurgiu nesse estadual para nós , que achamos dois laterais e um bom zagueiro, o TITI. carecemos de meias de contenção mais eficazes na saída de bola, em que pese o nilton ter sido totalmente aprovado. O ataque se mostrou irregular e pimpão e alex teixeira podem ser bem melhores, elton seria um bom reserva assim como enrico e não podemos ser carlos alberto dependentes até pq não sabemos se ficará até a serie B. o jeferson atrapalhou mais do que ajudou, principalemnte pelos maldiotos 6 pontos e achamos um elenco! mas , precisamos de reforços e conquistas! pensar alto, chega de pena...temos que sacudir para vencer, a hora já passou, temos que ter mais ação!...abs, leandro

Gremista Fanático disse...

Por essas e outras que não gosto desse mata-mata em um jogo só porque as vezes por não estar em um bom dia o time pode levar uma otima campanha por agua abaixo, acho que semifinais tem que ter dois jogos pra dar a chance do time se recuperar, mas enfim o Vasco fez uma boa campanha.
Abraço.