terça-feira, 25 de março de 2008

Pensamentos de uma terça chuvosa

Nessa terça chuvosa na cidade do Rio de Janeiro, muitos seriam os assuntos que gostaria de tratar. Dedicar um post a qualquer um deles seria esquecer os outros e por isso, dou uma pincelada em cada um e deixo o espaço aberto para os comentários de todos.
.
Após o jogo de domingo, o presidente Eurico Miranda deu a seguinte declaração:
"O Vasco perdeu a partida que podia perder, o que não muda nada. E eu acho que o Vasco agora não perde mais. E aquilo que falamos vai acontecer. O Vasco vai ganhar a Taça Rio e vai ser campeão. Estava escrito há 2 mil anos que perdemos o jogo que podíamos perder. Era só isso que eu tinha a dizer."
Alguns rivais se sentiram ofendidos, como o treinador do Flu Renato Gaúcho e outros acharam normal, como o lateral rubro-negro Juan.
Segundo o técnico tricolor, tal afirmação está ligada a grande quantidade de pênaltis sofridos pelo Vasco. Ao churrasqueiro, só uma lembrança. O Vasco é o time que mais dribla no Estadual. Sendo assim, recebe também muitas faltas e falta dentro da área é o quê? Por um acaso não foi pênalti no lance de domingo?
Para Juan, Eurico tem mesmo que acreditar no seu time, afinal esse é seu dever como presidente do Clube. Confiar no elenco que montou.
Nessa concordo com o lateral do Flamengo. Aliás, é impossível concordar com qualquer asneira proferida por Renight Gaúcho, o que vem desde os tempos que treinava o Vasco.
O que acharam da declaração de Eurico Miranda? Resposta nos comentários
.
Falando no presidente, ontem o Diário Oficial publicou a sentença que anulou as eleições de 2006. Com a publicação, a direção passa a poder recorrer da decisão. O prazo de 30 dias para que a diretoria marque novas eleições ainda não começou a valer.
Situação e oposição tem até o dia 31/03 para apresentar embargos de declaração. O julgamento dos embargos está previsto para a próxima semana e um novo prazo terá de ser respeitado para que o Diário Oficial confirme a sentença. Só então, a diretoria do Vasco terá de marcar uma nova eleição.
Sendo assim, teremos de aguardar bastante ainda para realização do novo pleito, no qual só poderão participar os sócios ativos em outubro de 2006.
Para continuar no tema justiça, ou a falta dela, serei obrigado mais uma vez a comentar a novela Leandro Amaral.
Na semana passada o mercenário obteve mais uma liminar que o libera pra jogar pelas tricoletes. O caso parece cada vez mais enrolado e deve acabar indo parar na FIFA, já que o flor quer fazer valer uma decisão da justiça comum sobre o regulamento do Estadual, o que não é permitido pela FIFA.
Vale a pena da leitura da entrevista concedida pelo vice-jurídico do Vasco, Paulo Reis. Veja aqui.
.
Essa semana nosso eterno ídolo Dinamite, ao comentar a participação de Zico em seu jogo de despedida, deu a declaração mais infeliz da sua vida:
"Sem sombra de dúvidas a participação do Zico foi sensacional. Isso deveria servir de lição até hoje, visando a diminuição da violência entre as torcidas. Eu vestiria a camisa do Flamengo também se fosse um jogo festivo".
Não que seja a favor da violência, mas uma coisa não tem absolutamente nada a ver com a outra. Vê-lo com a camisa do Fla seria ridículo, da mesma forma que foi ver o Galinho com nossa camisa.
.Domingo, mais uma vez fui obrigado a ir ao Maracanã. A cada jogo que vou no ex- Maior do Mundo, vejo o quanto estamos bem servidos em São Januário.
Na Colina, o atendimento das bilheterias é rápido e eficiente. Não se perde o mesmo tempo que no Maracanã e não passamos por tanto aperto.
Para se comer ou beber no Maracanã, gasta-se uma fortuna, por uma cerveja quente e um cachorro quente vagabundo. Em São Januário, temos restaurante, lanchonete, cerveja gelada e até Chopp e pizza para os sócios.
Alguns podem alegar que no Maracanã tem cadeira e São Januário não. Ai pergunto: você quando vai ao Maracanã senta na cadeira? Você já viu alguma cadeira limpa nas arquibancadas do Maracanã?
Quanto a visão do gramado, no Maracanã você tem duas opções. Ou senta na cadeira e vê os jogadores de perto, mas não vê a distribuição tática, ou senta nas arquibancadas, vê a distribuição tática, mas enxerga os jogadores apenas como pontinhos distantes.
Em São Januário, nossas arquibancadas propiciam um misto dos dois, com o campo bem perto do alambrado, onde vemos com perfeição quem é quem, e ao mesmo tempo, observamos perfeitamente a distribuição dos jogadores no gramado.
Para não ser totalmente crítico, há sim uma vantagem do Maracanã: transporte. Há trem, metrô e diversas linhas de ônibus, enquanto em São Januário há apenas a opção do transporte rodoviário, onde passamos as vezes pelo constrangimento de alguns motoristas não pararem para os torcedores na saída dos jogos.
De todo modo, são muitas vantagens contra apenas uma desvantagem e ao menos para mim, continuará sendo um prazer imenso ir a São Januário e uma obrigação de torcedor ir ao Maracanã.
.
Encerro por aqui e deixo todos a vontade para comentar e debater sobre qualquer um dos temas citados, sempre com respeito e educação, já que comentários com ofensas e xingamentos serão deletados, como fui obrigado a fazer ontem.
.
Respondendo aos comentários:
Brahma - O time tem que jogar igual contra os pequenos e os grandes. Os clássicos desse ano já mostraram isso e só falta o Sampaio se tocar. Nos juniores, há fartura de talento e alguns, em especial na zaga, podiam estar no adulto. Abraço
Arthur - Como ele chegou ao Vasco? Coisas do Eurico. O Wagner já merece ser observado pelo Dunga. Esse ano ele é o melhor lateral do Brasil com sobras.
Snoopy - Parabéns pelo aniversário do Blog. Abraço!
Turano - O Amaral não tem cérebro, com certeza. Nem o Romário, que já estaria com muito mais gols. Abraço!
Gustavo - O Amaral entrou pra marcar e nem isso ele sabe fazer. Mais um clássico perdido de bobeira e espero que não continuemos vacilando, nem no Carioca nem na Copa do Brasil. Que nos vençam em campo, porque nas arquibancadas jamais. Abraço!
.
Sds vascaínas a todos!

4 comentários:

Vinicius Grissi disse...

Muitas coisas para comentar então vamos lá:
1 - Concordo com o Eurico, em pensar como pensa. Mas não sei se a vida do Vasco vai ser tão fácil como ele imagina.
2 - Até achei que foi, mas foi um dos penaltis mais duvidosos entre os 14 marcados a favor do Vasco até agora.
3 - Concordo que é péssimo para o torcedor ouvir o que o Dinamite disse, e ver o Zico com a camisa do Vasco, mas concodo plenamente com o que ele falou.
4 - Esta ladainha de eleição do Vasco já passou da hora de chegar ao fim e rolar uma eleição de verdade no clube.

Sobre os estádios não vou comentar, pois não conheço São Januário de perto. Mas tenho muita vontade.

SãoPauliNa-RP disse...

Olá tudo bem com vc Diego?

Fala serio esse lance sobre o Leandro ta um rolo heim...rs, eu não acho ele mercenário não..apenas trocou de time pq o fluminense ofereceu mais estrutura pro jogador... mas sei lah so opniao....

Hoje eu postei uma reportagem sobre o spfc em solidariedade no passado que nem mesmo eu sabia..queria q vc desse sua opnião a respeito....ficarei feliz!

Beijoss gato teh mais!!

Aline disse...

Terça-feira chuvosa aqui em Petrópolis também... =/
Bom, vamos lá:
1°- Odeio o Sapo Gordo, mas dessa vez sou obrigada a concordar com ele: esse foi o jogo que podíamos perder, e daqui pra frente nem pensar em derrota! Renato Gaúcho é um idiota, sinceramente! Ele não deve ter visto todos os pênaltis marcados a favor do Vasco, porque de todos só 1 não era pênalti legítimo, e sim uma falta fora da área. Mas o lance foi muito rápido e o árbitro não estava muito bem colocado, todos os outros foram legítimos, então tem que marcar mesmo, né? A regra é clara: derrubou na área é pênalti!
2°- Ai, não agüento essa demora na definição das eleições no Vasco! Será que isso vai ficar se arrastando? FORA EURICO!
3°- Desisto do caso do mercenário... Já está enchendo o saco! Se ele quiser jogar no flor, que vá! Aliás eu quero mesmo é que ele vá pra... você sabe onde!
4°- Realmente o Dinamite foi muito infeliz... Eu não vestiria a camisa mulamba nem se disso dependesse a paz mundial! Mas acredito que ele só falou isso pra ressaltar a "boa ação" do Zico...
5°- Não posso comentar com muita propriedade a questão São Janú X Maraca, pois nunca fui em nenhum dos dois. Mas se tivesse que escolher iria a São Janú, com certeza! Só me diz uma coisa, o negócio por lá tá tranqüilo? Sabe, por causa da barreira do Vasco e tal, dizem que ali é barra pesada, e como em maio eu vou a um jogo do Vascão pela 1ªvez, queria saber como é a saída do estádio, se tem muita confusão.
Comentado!
Saudações Cruzmaltinas!

Wilson Hebert disse...

Como vai Diego?

O caso do Eurico, é mais ou menos parecido com o do Dunga, do Lula e de outras personalidades que possuem muita gente fanaticamente contra, ou seja, diga o que disser, que será usado contra o próprio. Eu achei normal, estranho seria se ele dissese que com certeza não será preso e que com certeza será mais uma vez eleito presidente do Vasco. Falar que tem certeza do time de ser campeão, é normal, coisa de presidente.

Sobre o Zico com a camisa do Vasco, como torcedor, eu achei ruin, lógico! Como jornalista, eu achei fenomenal, deve ter sido uma matéria e tanto. Como cidadão, me solidarizo com a intenção de atletas e ex-atletas de acabar com a violencia, mas marginal quando sai de casa pra bater nos outros, o faz porque é imbecil e completamente irracional, seja de qual time for.

Abração Louzada......