segunda-feira, 10 de março de 2008

Nossos verdadeiros ídolos

Enquanto nosso presidente mantém aquela estátua bizarra em homenagem a seu ídolo Romário, a torcida vascaína vai dando mostras de quem realmente idolatra.
Nesse domingo, puderam ser vistas três bandeiras com os rostos de Mauro Galvão, Barbosa e Edmundo. Segundo o movimento Guerreiros do Almirante, novas bandeiras devem pintar em breve, com os rostos de jogadores como Cocada, Sorato, Bellini e Geovani.

Mauro Galvão foi o grande comandante do time campeão da Libertadores em 1998. Com sua segurança e categoria se consagrou como um dos maiores zagueiros de nossa história. Foi ainda campeão brasileiro em 97 e 2000 e da Mercosul 2000.

Barbosa foi goleiro do Grande Expresso da Vitória, que marcou época nas décadas de 40 e 50, tendo como principal conquista o Sul-Americano de Clubes de 1948. Vale lembrar que essa foi a primeira conquista internacional de um clube brasileiro, que mais tarde foi reconhecida pela Conmembol como equivalente à Libertadores.
Edmundo é cria do Vasco e voltou ao Clube esse ano para encerrar sua gloriosa carreira. Teve como grande momento a conquista do Brasileiro de 1997, onde foi artilheiro, batendo o recorde de gols em uma só edição. Nem mesmo nos piores momentos, como na final do Mundial de 2000, a torcida deixou de idolatrá-lo.
Antes do jogo de sábado, uma justa homenagem ao meia Geovani, que passa por graves problemas de saúde.
Ao escrever sobre a partida contra o Caxias acabei me esquecendo de comentar alguns detalhes que não poderiam passar despercebidos. Leandro Bomfim não pode ser reserva. Sua qualidade no passe é indispensável. Como segundo volante ou meia de armação, fato é que Alfredo Sampaio precisa arrumar um lugar pra ele, que deu um passe magistral no lance do pênalti sofrido por Jean.
Edmundo não pode bater pênalti. Tudo bem que ele é um jogador consagrado, capitão, camisa 10, ídolo da torcida e o mais experiente desse jovem grupo. Porém, não bate bem e não podemos correr o risco de perder pontos por um capricho desses. Tiago e Leandro Bomfim batem muito melhor e já mostraram isso nesse Estadual.
Enquanto Tiago ainda tenta marcar seu primeiro gol de falta pelo time profissional, o jovem goleiro Brenner, do mirim, deixou um nas redes do Santa Cruz pela Copa Vasco da Gama de Futebol Mirim, em jogo vencido pelo Gigante da Colina por 6x0.
.
Respondendo aos comentários:
Arthur - O goleiro até se adiantou, mas em condições normais, não mandariam voltar...rs
Aline - A comemoração só vi depois pela TV e foi mesmo comédia. Melhor assim que provocando os adversários. O goleiro se adiantou pouco, mas o bandeira tava emocionado com a festa da torcida. Show da galera vascaína rumo à final da Taça Rio. Sds!
Vinicius - O Jean caiu muito bem no time e está até finalizando bem. O Viola merece.
Klaus - O Edmundo não pode mais bater. Não é sempre que o assistente vai dar uma mãozinha. No mais, ele foi bem, com bons passes e alguns chutes. Abraço!
Wilson - Esse estadual tá meio sme graça. Grandes batendo nos pequenos sempre. Acho que os times tem jogado pro gasto, mas não deixam a desejar em relação aos times do resto do país. Só mesmo em SP que os pequenos fazem uma graça.
Lais - Sei bem como você adora o Wagner Diniz. Ele merece. Show da torcida e assim tem que continuar sempre. Quando o time não tiver bem em campo, temos a obrigação de empurrar como nossos gritos. Bjoo!
Snoopy - Que assim a torcida continue, fazendo a sua parte. Obrigado!
.
Sds vascaínas a todos!

11 comentários:

Caio disse...

Olá Diego, cheguei através do blog a palavra do almirante e gostei muito do espaço.
Parabéns e saudações

La Caldera del Diablo disse...

Hola, he pasado de casualidad y me gustó mucho tu blog. Querrías compartir enlaces? Saludos

Emiliano

snoopy disse...

salvem os ídolos!
responsáveis diretos por nossa paixão.

saudações botafoguenses!!!

SãoPauliNa-RP disse...

Oláaa tudo beleza??
Eita as torcidas não comparecem nos estadios aqui por causa da violência, vcs cariocas não tem ideia de como é aqui no estado de são paulo, até a sua propria torcida de mata e te rouba nos portões, aii fica complicado né, agora imagina em clássicos..para eu nem perco tempo rsrs..ja fui roubada uma vez e pra ter a segunda e a terceira é um pulo!!

Beijossssssss

Vinicius Grissi disse...

Outra justa homenagem, ao Mauro Galvão. Um dos melhores zagueiros que eu vi jogar. Sem dúvidas!

Arthur Virgílio disse...

Essas homenagens da torcida organizada do Vasco também são muito comuns na Argentina. Apesar de toda a rivalidade, copiamos coisas deles.

Wilson Hebert disse...

Como bem disse o Arthur, copiamos coisas das torcidas argentinas, mas essas homenagens vascaínas, foram copiadas das homenagens da torcida do Flamengo, que na final da Copa do Brasil de 2006 houve um episódio que ficou conhecido como "A paz entre a Raça e a Jovem Fla".
*Obs: Não frequento nenhuma das duas torcidas.

Nesse episódio, foi feito um bandeirão para unir as duas torcidas, que sempre proporcionam cenas lamentáveis em jogos do Mengão, promovendo brigas dentro da nossa torcida rubro-negra. Além desses bandeirões, tambem foram confeccionado bandeiras com rosto de ex-jogadores como Zico, Junior, Andrade, Adílio, Nunes e etc.

Como o Louzada frequenta estadios como eu, deve saber que a torcida do Vasco copiou isso da torcida do Flamengo.

Mas não vejo nenhum problema. Até parabenizo. Homenagem justíssima!!!

Abração Louzada.

gerson sicca disse...

Se o Romário for fazer o último jogo no Flamengo tem que implodir a estátua. E Barbosa é quem merecia uma estátua. O cara sofreu a vida inteira com aquele lance de 50, mesmo tendo sido um grande goleiro.
O Mauro Galvão tem as características de um ídolo. Não é mercenário e respeita o clube e a torcida. Era um baita jogador

Klaus disse...

Homenagem aos verdadeiros ídolos do Vascão!! Edmundo, Sorato, Barbosa, Roberto Dinamite, enfim, estes sim fizeram parte da história vascaína. Romário também marcou época, mas em São Januário só existe um rei: Roberto Dinamite.

Carlão Azul disse...

Se tem algo que aprovo é isso, RECONHECIMENTO.
Parabéns a torcida vascaína que não esquece seus ídolos e parabéns ao Digão por não se omitir e postar no blog esse ato tão bacana...

Abração Diego.

Saudações Celestes
SITE/BLOG.....CRUZEIRO: O MAIOR DE MINAS
CONHEÇA UMA NOVIDADE AZUL – 5 ESTRELAS
CONHEÇA UMA NOVIDADE AZUL – 5 ESTRELAS
ENTREM E SINTAM-SE A VONTADE

peluxinha disse...

q bom q o post ainda ta aki,nao deu pra vim ontem
ah vc falou q eu ia gostar...rsrs
aquela estatua ngm merece,todo mundo sabe o q agente faria com ela,só no seu blog ja escrevi umas 100 vezes
sobre ela
kkkkkkkkkkkkkkkkkk
o dever da torcida é esse msm,empurrar,gritar,tem uns q só vai ao estadio pra isso msm, ja vi e comentamos sobre alguns q ate viram de costas pro jogo,pra organizar a torcida ou movimento...
e q continue sempre assim
qnt as pinturas da gda, sao sempre mto bonitas,aquela do juninho pernambucano é linda,batendo no peito e varias outras coisas q eles fazem q é mto bonito...aquele trambone é perfeito...rsrs
sds vascainas e mil beijinhos