sexta-feira, 14 de março de 2008

Inapelável

Em uma noite chuvosa em São Januário o Vasco enfiou quatro pra dentro do pobre Macaé e manteve os 100% de aproveitamento na Taça Rio. Quatro a Zero. Nenhum gol sofrido em três jogos, o que faz do Gigante da Colina, o time de melhor defesa do campeonato.
O time entrou em campo com tudo. Empurrado pela torcida que compareceu em número razoável, atacou com vigor e logo no início marcou com Morais em belo chute da entrada da área, sem chances para o nobre Cássio, que teve seu nome gritado pela galera.
Até esse momento, o Macaé marcava mais atrás, não dando espaços para nosso ataque. Depois do gol, o time do Norte Fluminense adiantou a marcação e chegou a ameaçar o Vasco. Primeiro com um chute de Bill, defendido por Tiago. Depois em chutão da defesa que passou por Vilson e encontrou Jones livre para driblar Tiago e...chutar pra fora...
Após a ameaça, o Vasco faz belíssima jogada pela direita e o zagueiro Souza derruba Jorge Luiz (isso é que é elemento surpresa) dentro da área. Pênalti e a galera pede Tiago em vão. Edmundo caminha pra bola e bate no meio do gol. Vasco 2 x 0 e galera enlouquecida nas arquibancadas.
No intervalo, uma nova música começa a ser ensaiada e entre uma cerveja e outra, vou pegando a letra. No retorno dos times ao gramado, Cássio tem seu nome muito gritado, em retribuição ao seu respeito ao Clube durante esses anos. Merecido!
Quando a pelota rola para a segunda etapa, o Macaé até tenta trabalhar mais a bola, mas quem marca é o Vasco. Cruzamento na medida de Morais, na cabeça de Alan Kardec. Na sua especialidade, AK não perdoa. 3x0
Nessa hora a nova música é cantada com mais força. Aguardem em breve vai estar na boca de toda a galera vascaína.
"Vascooo, a minha vidaa...a alegria do meu coração
da-lheee, o que eu mais queroooo, é o sentimento de ser campeão"
A chuva forte faz com que o público procure a parte coberta o que dá um efeito ainda melhor em todas as canções. Um espetáculo lindo, que deve ser ainda maior no domingo. Promessa de casa cheia.
O Macaé tem um gol anulado e em seguida, Souza comente novo pênalti, dessa vez sobre o velocíssimo Wagner Diniz. Cartão vermelho na criança e bola na cal.
A torcida grita o nome de Tiago, que atravessa o campo inteiro, mas quem acaba cobrando é Morais. Ele caminha lentamente e toca no canto de Cássio, sem chances para o goleiro. Vasco 4x0, mas sem comemoração do jogador, talvez chateado com os gritos da galera.
Caro Morais, não fique chateado. Você é um dos que tem o nome mais gritado sempre, a galera te adora, mas gol de goleiro é sempre um grande barato. Com o jogo definido, seria legal que Tiago fizesse o quarto para fechar a goleada.
No fim, um princípio de desempenho entre alguns torcedores, que em nada manchou o belo espetáculo da torcida e a grande atuação do time.
Ao contrário do que podia se imaginar, a formação ofensiva não prejudicou o time defensivamente. O Macaé não foi mais perigoso que nenhum dos que nos enfrentaram anteriormente, mesmo quando não éramos tão ofensivos. Leandro Bomfim melhorou muito a saída de bola, juntamente com Jonílson, um monstro na marcação.
Os jogadores de frente contribuiram bastante na marcação, dando sempre o primeiro combate, o que foi fundamental para o resultado. A corrigir, somente o excesso de faltinhas dos atacantes, que por não saberem marcar, cometeram algumas infrações bobas.
Morais foi o melhor em campo. Dois gols, uma assistência e belas jogadas. Edmundo também foi muito bem, assim como Jonílson e Bomfim. Na zaga, apenas um erro individual, que quase nos complicou. Vilson deixou se enganar pelo quique da bola e por pouco o Macaé não fez seu gol.
Agora, é partir com tudo pra cima do Cardoso Moreira, em mais um passo rumo à conquista da Taça Rio. Domingo é dia de lotar São Januário, faça chuva ou faça sol.
.

Pelo Estadual de Juniores, mais uma goleada. 5x1, com 3 gols de Éder (foto), um de Pablo e um de João Paulo. Os massacres já estão virando rotina e o técnico Toninho Barroso já está fazendo até rodízio entre os jogadores. Próxima vítima: Cardoso Moreira.
.
Hoje se completa o aniversário de 60 anos da grande conquista do Sul-Americano de Clubes de 1948. Amanhã um post todo especial sobre o torneio.
.
Respondendo aos comentários:
Aline - Belo palpite! Sds!
Fernando - Caro amigo, não consegui colocar o vídeo com os gols, mas na lista de links ao lado tem o site do Marcelo que tem todos os gols do Vasco. Abraço!
Vinicius - Rumo a conquista da Taca Rio e a final contra o fla.
Saopaulina - Passarei por la sim. Bjos
Peluxinha - Bela foto neh. Bjos
.
Sds vascainas a todos!

8 comentários:

SãoPauliNa-RP disse...

Olá Diego tudo bem...
rs a única coisa que tem que fazer é copiar o meu post e respondr, no seu caso aonde está escrito CARLÃO você coloca SÃOPAULINARP..entendeu..pq eu que passei a entrevista para você...e os links também, pois ele me falou que é o mais importante na entrevista hehehe..e pode ser terça sim...vc quem sabe...vou esperar para ler suas respostas ahuahua...Beijosss

Arthur Virgílio disse...

Gostei da empolgação do Morais em comemorar os gols. Esse Jones só perdeu gol hehehe

Alguém tem dúvida que nas semifinais irão novamente os quatro grandes?

Leonardo Serafim disse...

Não vi quase nehum jogo do Vasco esse ano, mas dizem que as principais jogadas do time vem sendo pelo lado direito, com o Wagner. Tu deev saber melhor que eu isso; é verdade?

Munigalo disse...

E ai vascaino, seu blog ta muito bom´, já seu time...rsrs..Já adicionei o seu link, se quiser adiciona o meu tb...Flw

Anônimo disse...

Nao vamos nos iludir, o campeonato só começa nas semi finais.

Wilson Hebert disse...

Mais uma vitória, mas não é motivo para festas. Mais uma musica de torcidas, mas calma, pra ser campeão tem que ganhar de quem??? de quem??? hehe!!! Isso é dificil pro Vasco.

Ae Diegão, mandei por e-mail o meme pra você. Ficarei aguardando você postar aqui hein.

Abraços..............

Kalar disse...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

Klaus disse...

O Edmundo quase perdeu mais um pênalti!! Tiago já afirmou que não baterá mais no Vasco da Gama. Alguns erros de arbitragem na partida. Fato: o Vasco vem crescendo de produção e estará forte para as semi-finais. 4 x 0, grande vitória e mais um largo passo para a consolidação do time. Abração, Louzada.