quinta-feira, 21 de maio de 2009

Classificado!

O Vasco fez seu papel, jogou o básico e garantiu a vaga para as semifinais da Copa do Brasil. Mesmo levando um susto no início o time conseguiu o empate em 1x1, carimbando o passaporte para a próxima fase, onde enfrentaremos o Corinthians. A primeira partida será na próxima quarta, no Maracanã.
Antes de tudo preciso dizer que não deu pra ver o jogo. A TV a cabo não me disponibilizou o Sportv 2 e tive que apelar pro radinho enquanto via o jogo do Inter. Desse modo, enquanto ainda caçava a rádio, vi na TV que o Viria abrira o placar. Nisso o jogo transmitido ainda nem tinha começado. Putz, hoje vai ser dias de fortes emoções, pensei. Quando finalmente encontrei a CBN, a primeira coisa que ouvi foi: GOOOOOOOOLLLL! Os segundos dessa palavra pareceram eternidades, até o narrador dizer a palavra mágica: Élton. Ufa! Vaga garantida. Ou seria possível o Vasco levar 5 gols do Vitória?
O gol do Vitória saiu com o fanfarrão Neto Baiano em cobrança de falta de muito longe. Nosso goleirão Fernando Prass falhou. O nosso foi marcado por Élton, aproveitando bom cruzamento de Enrico após contra-ataque puxado por Nilton.
Minutos depois, outro grito de gol do narrador, mas dessa vez anulado pelo bandeirinha. Seria gol do Vasco, em cabeçada de Gian, após cruzamento de Nilton em cobrança de falta. A essa altura já sabíamos que o adversário era o Corinthians, que dava um créu na bicharada no Maracanã.
O nosso jogo seguia com chances de ambos os lados, com os goleiros trabalhando bem. Desesperado e com quatro atacantes, o Vitória distribuía bordoadas. Na rádio, comentavam o destempero de Neto Baiano. Aos 41, esse cidadão cuspiu no rosto de Ramon e foi expulso. Ainda por cima tento agredir o árbitro, o que deve gerar uma punição exemplar.
A nota negativa do primeiro tempo ficou por conta do amarelo recebido por Carlos Alberto, que o impossibilita de atuar na primeira partida das semifinais. No intervalo ele foi sacado para entrada de Pimpão. Depois Dorival tirou Enrico e Élton para entrada de Gallo e Kardec. O segundo tempo foi morno e em determinados momentos, parecia que as equipes queriam mais é que o jogo acabasse logo.
Após o apito final, ficou a comemoração pela vaga conquistada sem perdermos a invencibilidade na Copa do Brasil. Vale lembrar que os tão favoritos Inter e Corinthians já tropeçaram na competição. Agora é briga de cachorro grande e a única certeza que temos é que serão dois grandes jogos.
Força Vascão! Faltam quatro jogos para o título inédito!
O Vascão atuou com: Fernando Prass, Paulo Sério, Vilson, Gian Mariano e Ramon; Amaral, Nilton, Léo Lima, Carlos Alberto (Pimpão)e Enrico (Gallo) e Élton (Alan Kardec).
.
Ver os rivais perderem é sempre bom, mas com jogador sem caráter fazendo cagada é melhor ainda. Que passe lindo deu o juan para o Nilmar! O que pensou o frangueiro da Gayvea quando a bola passou da barreira. Torceu pra sair? Se ferrou, mané.
E o thiago never. Se a língua dele jogasse bola, ele seria rival do Messi pra ser melhor do mundo. Como futebol se joga com os pés, ele será sempre um jogador de timeco de terceira.
OoOOoOoooOO, Melhor do RIOOO!
.
Sds vascaínas a todos!

3 comentários:

Gabriel Valladares disse...

Vamos lá Vascão, dá pra levar essa Copa do Brasil!!!

Mas fazer o jogo contra o Corinthians no Maracanã é um erro.

Marcos - Amapá disse...

Diego vc que e da FJV podia fazer uma manifestação contra o jogo no maraca, nada contra o maraca mas nossa casa, nosso caldeirão e SJ! desprezá-lo por causa de renda é um desrespeito as nossas tradições, fora que a pressão no maraca e bem menor...não seria melhor aumentar o valor do ingresso em SJ e ter uma renda boa e uma pressão absurda nos gambás? não sei o que pode ser feito mas to puto com essa arrumação... saudações

Vinicius Grissi disse...

Classificação importantíssima para o Vasco. Que não é favorito, mas pode chegar.

Carlos Alberto fará muita falta no primeiro jogo.