segunda-feira, 5 de maio de 2008

Relatos de um sábado em São Januário

A idéia de um Blog vem de um diário virtual, onde diversas pessoas contam seu dia-a-dia e os fatos ocorridos. O Sou-Vascaino sempre primou pela informação e pela opinião, com pequenos detalhes de minhas aventuras em jogos do Vasco. Afinal, o Vasco é muito mais importante que minhas historinhas. Hoje, no entanto, gostaria de compartilhar com os leitores do Blog a maravilhosa tarde que tive no nosso estádio e o contato com alguns jogadores.
Cheguei pouco depois das 14:00 e me surpreendi com o bom número de pessoas no entorno do estádio. Parece que a torcida está mesmo motivada para o decorrer da Copa do Brasil e pelo que pude ouvir, a chegada de Leandro Amaral contribui para esse otimismo. Com a máquina em punho, começo com as fotos logo após adentrar as Sociais de São Januário. Uma pena a sala de trófeus ter aberto só pela manhã, já que apesar de ter várias fotos de lá, sempre acho uma taça diferente para fotografar.
Antes do almoço, vou a beira do gramado dar uma olhada e fico surpreso e feliz por ver os bandeirões da Força Jovem abertos e bandeiras e faixas de outras organizadas também a embelezar o Caldeirão.
Como também sou filho de Deus parei para apreciar a deliciosa comida do restaurante do Almirante, que funciona dentro do nosso estádio e tem uma comida maravilhosa, com pratos para todos os gostos. Durante a refeição, aproveito para ver a bela reação do time do Vasco de Showbol, que chegou ao empate após estar perdendo por larga vantagem. 10x10 contra o urubu.
Quando voltei para as cadeiras, o time já estava se aquecendo para o início do jogo e tirei algumas fotos dos reservas que passavam bem na nossa frente correndo, além de algumas com minhas lindas princesas, namorada e irmã.
Durante o primeiro tempo do jogo-treino prestei bastante atenção na movimentação do time e como já escrevi sábado fiquei muito otimista, não com o resultado, já que o Estácio de Sá é fraco, mas com o bom trabalho tático dos jogadores, onde deu pra perceber o dedo de Antônio Lopes. A única coisa negativa do primeiro tempo foi uma entrada violentíssima de um adversário sobre Madson, que felizmente nada sofreu de mais grave.
Leandro Amaral fez um gol e perdeu outros dois, mas foi aplaudido por parte da torcida e xingado e vaiado por outros. Essa deve ser a reação da torcida quarta, uns apoiando e outros vaiando.
No intervalo, pausa para um choppinho gelado, coisa que só tem em São Januário. Ou você conhece alguém que já comprou chopp no Maracanã? Entre um gole e outro, eis que nosso goleirão Tiago passa ao lado das cadeiras e atenciosamente tira fotos e dá autógrafos para a torcida. Enquanto isso os reservas se aqueciam para o segundo tempo.
Na segunda etapa, Lopes deu oportunidade para muitos jogadores do elenco e o jogo ficou meio sonolento. Dois golaços de falta para alegrar a galera e alguns belos lances, em especial com o veloz Abubakar. Por esse treino ficou claro que alguns jogadores perderam espaço com a chegada de Lopes, como Luisão, Xavier, Beto, Marcus Vinicius, Calisto, Abuda e Villanueva, que não atuaram nem um minuto sequer. Boa, Delegado!
Com os jogadores saindo, veio a correria para fotos e autógrafos e consegui alguns dos jovens Victor, Souza e Mateus, do Jean, Abubakar, Pablo, Roberto, Alan Kardec e do treinador Antônio Lopes.
Destaque para a simpatia de Mateus, que mesmo machucado bateu um papo comigo e tirou foto com minha irmãzinha. Pablo é a simpatia em pessoa. Muito humilde, daqueles caras que no primeiro contato você gosta. Além de bom jogador, um grande caráter, bom menino, educado e bem humorado. Veja na foto, ele apontando pra mim enquanto tirava foto com minha namorada...rsrs.
Roberto também foi muito atencioso, mas isso não é novidade para ninguém. Nosso goleirão é vascaíno desde criança e sempre é muito gentil com a torcida, em especial com as crianças, sejam elas ricas ou da favela da Barreira do Vasco. Grande Roberto!
Alan Kardec é mais fechado, mas também foi muito solícito com todos e posou para muitas fotos e deu autógrafos para quem o pedia. Enquanto tirava fotos com os jogadores, encontrei uma conhecida flamenguista que não via há anos e como ela tem um namorado vascaíno, não vai demorar para que vire a casaca e passe para o lado do bem.
Quando as luzes se apagaram fui para o ginásio assistir a um jogo de basquete infanto-juvenil. O Vasco perdia por larga vantagem, mas na garra empatou e levou o jogo para a prorrogação. O time chegou a abrir vantagem, mas cometeu muitos erros e acabou cedendo a vitória ao adversário.
Esse jogo foi muito engraçado porque eu era o único cara torcendo de verdade. As famílias estavam assitindo o jogo, mas gritando e apoiando só eu, o louco atrás da cesta. Xingava os juízes, cantava e zoava da torcida adversária que quase quis me pegar depois do jogo...rsrsrs.
Depois ainda dei uma última olhada no campo, que todo apagado, parecia me fazer sentir a presença de espírito daqueles vascaínos que construíram nosso estádio nos anos 20. Respirei fundo, beijei minha tatuagem da Cruz de Malta e fui para casa revigorado e feliz por ter passado um sábado maravilhoso em família no lugar que considero minha primeira casa. Me sinto melhor em São Januário que em meu próprio lar e esse tempo sem jogos já estava me angustiando.
Que venha o Corinthians-AL. A torcida com certeza vai comparecer em peso quarta e daremos mais um passo firme nessa caminhada rumo a conquista inédita da Copa do Brasil. Nossa história comprova que sempre que demos as mãos ao time, os títulos vieram e esse ano não vai ser diferente.
.
Respondendo aos comentários:
Jorge - Com um ou dois reforços podemos até brigar pelo título. Pelo rebaixamento não creio, o time está se ajeitando e é bem melhor que o de 2007. Abraços!
Diogo - Um flamenguista enxergando potencial nesse time do Vasco? Parabéns pela coerência, pois é exatamente como penso, sem estrelas, mas com bons valores e a batuta do prof. Lopes. Cabe a vocês secar, afinal isso é típico da rivalidade entre Vasco e Fla. Sds cruzmaltinas!
Leo - Projeto a longo prazo com esses meninos e alguns experientes. O Lopes já falou disso e creio que ainda esse ano tenhamos alegrias. Abraço!
Aline - Se elas são vascaínas? Claro. Primeira coisa que perguntei a minha namorada quando a conheci foi o time que torcia...rs. E lá em casa todo mundo é Vasco, lógico. Sds!
Felipe - O Abu é muito bom e pena que ainda está sem visto para jogar no Vasco. Seria uma ótima opção.
.
Sds vascaínas a todos!

8 comentários:

Jorge Costa disse...

Amigo Diego
Estou com uma quase inveja de vc pois, fazem anos que não vou nesse belíssimo Estádio e vc desfrutando dessa maravilha que é São Januário.
Abraços Vascaínos

Vinicius Grissi disse...

Bacana as fotos e os relatos. É sempre bom poder estar perto de ídolos.

Obs: também vi a partida do showbol. Jogão! Empate justo...

Munigalo disse...

E ai Diego,
É bom quando estamos na nossa casa, vendo o nosso time de jogar de perto, e poder desfrutar da nossa paixão que é o futebol. Adoro ir no Mineirão, é a minha segunda casa. Nunca fui na cidade do galo, nosso ct, porque fica em Vespasiano, mas ainda vou lá. O mineirão não pertence ao galo, e sim a ADEMG. É sempre bom ter o seu próprio estádio, e o galo ainda vai ter o dele.
Tem post novo no meu blog, passa lá depois...
Abraço

snoopy disse...

louzada,
por e-mail, fabio.alvinegro@gmail.com, me passa seus contatos.
quando eu for ao rio, te ligo.
infelizmente, não deu pra gente.
vida que segue....

abraço e sds. botafoguenses!!!

Arthur Virgílio disse...

Maneiro o texto. É sempre bom visitar o clube do coração.

Fernando disse...

Puts...até arrepia !!!

Cara, infelizmente e felizmente tive uma unica oportunidade de ir em São Januário foi justamente no dia em que o Vasco perdeu a invencibilidade para os bambis no ano passado, mas cara, tenho fotos lindas de lá inclusive uma que parece muito com essa de plano de fundo que vc coloca lá em cima no banner do blog !

Queria ter a oportunidade de ir em São Janu como vcs ai tem... acho que tem muito "vascaino" que não aproveita a oportunidade e a honra de poder estar ai!

Eu já fui no Maraca uma vez, em Volta Redonda (estadio da cidadania)e em São Januário, falo e mostro as fotos para meus amigos (tenho umas no orkut) e digo, o Maraca é lindo, mas vc estar cantando no estadio do time que vc ama, ao lado da sua torcida, gritando e vibrando a cada lance, não tem o que se compare!

Abraços a todos e qualquer dia desses vamos nos encontrar em São Janu...tomara que seja na final da copa do Brasil deste ano !!!

Abraços e até mais !!!

Diogo Ferreira disse...

MELHOR DO RIO! NÃO AGUENTEI VASCAÍNO =P

www.ConfionoMengao.blogspot.com

Saudações Rubro Negras!

gerson sicca disse...

Um excelente sábado, sem dúvida.